urso-pardo_logo v3-05.png

E se o urso-pardo voltar?

O urso-pardo (Ursus arctos) está considerado extinto em Portugal desde a primeira metade do século XIX. Nos últimos 150 anos, a sociedade portuguesa deixou de estar familiarizada com a presença do urso-pardo no seu habitat natural. Atualmente, já não há memória coletiva deste grande mamífero e de como as pessoas interagiam com esta espécie, não obstante poderem ainda ser encontradas manifestações dessa interação no património construído, como muros de pedra desenhados para impedir o ataque de ursos a colmeias, que se mantêm como testemunho dos tempos em que humanos e ursos coexistiram.